Home / Estudos Temáticos / A Criação da Luz e a Divisão das Águas

Receba Estudos Bíblicos em seu email:


A Criação da Luz e a Divisão das Águas

Gênesis 1:1 – 2:25

Versículo para memorização: Gênesis 1:12

A criação englobada por esta lição será dividida basicamente em duas seções porque foi completada em dois dias. Acompanhemos por dias.

No primeiro dia, Deus criou pela sua palavra o céu e a terra. A afirmação é de que a terra era vazia e sem forma, e de que a escuridão reinava sobre a face das profundezas. Isso não precisa significar, como alguns pensam, que o julgamento descera, mas somente que a terra ainda estava vazia e inabitada por qualquer forma física, e que a luz dos corpos celestes ainda não fora criada. A luz do versículo quatro não foi um mero resultado do sol (pois ele ainda não brilhava), mas uma criação distinta de Deus. Deus é luz e Ele pode falar e comandar a luz para brilhar além da escuridão, assim como pode criar luzes para iluminar a escuridão. Devemos, também, perceber que não temos apenas uma mera afirmação de luz e escuridão, mas de noite e dia. Não posso intervir, exceto acatar isso como a verdadeira criação do tempo: “O primeiro dia”.

Não posso aceitar a “teoria do gap” (teoria da brecha) defendida por muitos. Primeiro, porque é raramente – se o for – sugerida pela Escritura; segundo, porque parece ter se firmado como uma tentativa de satisfazer às pretensões infundadas dos evolucionistas de uma terra muito velha, e eu não sinto essa necessidade. Acredito, simplesmente, que Deus gerou uma criação adulta, e não foi necessário um tempo maior para um “diamante adulto” do que para um Adão adulto. Petróleo, carvão e depósitos fósseis foram explicados pelo dilúvio.

No segundo dia, Deus criou o firmamento. A terra estava totalmente coberta por água. Isso é apresentado em Gênesis 1:2 como a face das águas. A Bíblia diz que o Espírito de Deus moveu-se sobre a face das águas antes de criar a luz, não sobre a face da terra. Acho que devemos olhar para a terra, no primeiro dia, como sendo completamente envolvida pela água. Isso não significa imperfeição, nem amplia os esforços de Deus na criação. Isso é apenas um empenho para ver a revelação da ordem na qual ele escolheu conduzir sua criação planejada. Deste modo, temos, no segundo dia da criação, a divisão das águas. Deus suspendeu uma porção da água da terra, fazendo dela uma abóbada celeste de vapor e, assim, limitando as águas sobre a terra e colocando um espaço de ar, chamado firmamento e o céu, entre a água sobre a terra e a água acima da terra.

Deus agora assentou a plataforma para a organização do continente e do mar e para a ocupação de Sua terra, que estudaremos a seguir.

PERGUNTAS – LIÇÃO 2

1. Nomeie tudo o que você puder que tenha tomado existência no primeiro dia.
2. Em termos de dimensão, o que inclui o céu e a terra?
3. Se você tivesse olhado para a terra naquele tempo, o que teria visto?
4. Dê o nome de duas coisas que então cobriram a terra.
5. Podemos esperar alguma diferença de significado na palavra céu no versículo 1 e no versículo 8?
6. A separação das águas poderia ser evaporação?
7. Onde estava Deus antes de criar o céu?
8. Deus ficou maior ou mais rico depois da criação?
9. Deus decidiu progressivamente o que fazer na criação?
10. Qual porção da criação foi mais difícil?
11. O sol foi a fonte original de luz?
12. O que é a teoria do gap (brecha)?
13. Onde, cronologicamente, isso deveria de ter acontecido?
14. A idade é necessária para explicar a estrutura interna da terra?
15. Qual é a explicação lógica para o carvão e o petróleo?
16. Qual é a explicação lógica para o registro fóssil?
17. Há alguma afirmação de tempo na Bíblia entre Gênesis 1:1 e 1:2?
18. Há evidência bíblica de vida na terra antes de Adão?
19. Há evidência de dias de mil anos?
20. Há evidência de dias de 24 horas?

Autor: Pr. Forrest Keener
Tradutor: Albano Dalla Pria
Fonte: www.PalavraPrudente.com.br

About admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top